terça-feira, 27 de outubro de 2009

Carta aberta a José Saramago

Estimado José Saramago:

As suas afirmações fizeram-me pensar. Fizeram-me pensar que realmente o Homem muitas vezes constrói Deus à sua imagem. É um pouco dessa história que nos conta o Antigo Testamento. Imaginamos um Deus julgador, severo e castigador, ignorando o grande Deus do Amor. Mais do que calar e ouvir, falamos, falamos e falamos...

O temor é necessário e muitas vezes importante
mas mais importante ainda é o AMOR.

Porque ignorou Jesus? Acho que sei a resposta...
Porque ao contrário de alguns de nós, ainda não acredita que Ele é Deus, feito homem. Porque ao contrário de alguns de nós, ainda não acredita que temos uma origem Comum. Porque ao contrário de alguns de nós, ainda não acredita em Jesus, Irmão e Amigo.

Se um dia vier a acreditar nisso talvez consiga vislumbrar o Deus magnífico que nos ama. O mesmo que Jesus nos mostrou e que o ama a si e nos ama a todos.

Rezo a este Deus,
para que o senhor e todos nós um dia O encontremos verdadeiramente. Rezo por todos nós que, calando as nossas limitadas mentes humanas, possamos um dia ouvir a gloriosa melodia do "Cântico" de Deus.

Obrigado,
Filipe.

Agradecimentos:
Obrigado aos amigos que reviram e,
de uma ou outra forma, deram o seu contributo
para este pequeno texto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário