sábado, 3 de abril de 2010

Deus, envia-nos loucos!



Deus, envia-nos loucos
que se comprometam a fundo,
que se esqueçam, que amem mais do que em palavras,
que se dêem pela verdade e até ao fim.
Precisamos de loucos,
de insensatos, de apaixonados,
capazes de saltar para a insegurança:
para o desconhecido, cada vez mais escancarado, da pobreza.
Precisamos de loucos do presente,
apaixonados pela vida simples,
amantes da paz,
sem compromisso,
decididos a nunca trair,
que desprezem a vida,
capazes de aceitar seja qual for a tarefa,
a partir para qualquer lado:
simultaneamente livres e obedientes,
espontâneos e tenazes,
afáveis e fortes.
Ó DEUS, envia-nos loucos!
+++
de ANÓNIMO - SÉCULO XX
(do Livro CARTAS A DEUS) de Philippe Capelle, padre
+++
in O Banquete da Palavra (Pe José Luís Rodrigues)
+++
Sr Padre José Luís Rodrigues:
Muito obrigado por esta sua mensagem.
Adorei. Diz-me muito, nesta fase da minha vida.
Se não estiver de acordo com o meu "posting",
diga que eu retiro.

Melhores cumprimentos,
Manuel Filipe Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário