terça-feira, 28 de setembro de 2010

Fala, Senhor, que o Teu servo escuta



+++
Senhor, hoje, apetece-me ficar calado.
Escutar-Te e dizer o antigo e delicado pedido de Samuel:

Fala, Senhor, que o Teu servo escuta. (1)

Mas não sei – ao invés de Samuel, que Te ouvia chamar – se Te oiço com a devida atenção, o que pode deixar vazio de sentido o pedido que Te faço.

É, por isso, que hoje me apetece ficar calado.

Bem longe de uns certos barulhos do mundo que andam por aí desencontrados e nos quais me enleio, porque sou do mundo e tenho o dever de não desertar, sobretudo, quando o Teu Nome e os Teus Mandamentos são esquecidos.

Hoje, porém, apetece-me ficar calado e entrar dentro de mim, em consciência total e em grande silêncio para poder ouvir-Te.

Fico à espera, Senhor.

Aplaquei todas as vozes exteriores enquanto espero que na minha consciência serenada irrompa clara e distinta a Tua Voz.

Fala, Senhor, que o Teu servo escuta.

Teodoro A. Mendes
(1) – Sm 1 3,10
+++
in Oração da Manhã - Rádio Renascença
+++

+++
Eis me aqui no teu Altar
Fala comigo senhor estou ouvindo,
No teu falar eu encontro direção
Eu vim aqui buscar o teu poder
Sou simples servo sempre pronto a obedecer
Por não te ouvir já sofri tanto na vida
Trilhei caminhos do meu próprio coração
Arrependido venho aqui pedir ajuda
Escuta e responde essa minha oração
Eu quero estar no centro da tua vontade
Desfrutar da liberdade que ninguém pode me dar
Eu vim aqui pra te entregar a minha vida
Já não tenho mais saída
Eis me aqui no teu altar
Gerson Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário