domingo, 26 de setembro de 2010

Oração da manhã (Rádio Renascença)

Abre os meus olhos e o meu coração a todas as misérias humanas...
Pergunto-me às vezes com quem me pareço mais:
Com o pobre Lázaro ou com o rico avarento?
E não sendo, nem rico, nem miserável
em boa verdade não sei responder.
Contaste esta história
para o nosso coração ouvir o brado mais débeis.
Ajuda-me a descobrir quem são
os verdadeiramente necessitados
e abre os meus olhos e o meu coração
a todas as misérias humanas
sem esquecer as que fazem parte de mim.
Ensina-me a coragem da decisão no momento
de me aproximar da pobreza
para que saiba partilhar o que tenho
e que nada de supérfluo eu retenha.
É difícil, Senhor, pois dentro da nossa pobreza
há riquezas envergonhadas que recusam
dividir os bens com os outros.
Ajuda-nos a sanar esta ferida em nós e nos outros
e a melhor compreender o que é a justiça.
Pe. António Rego
in Oração da Manhã - Rádio Renascença
+++
ver Liturgia diária
+++

Nenhum comentário:

Postar um comentário