sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Não vos inquieteis com coisa alguma…

«Não vos inquieteis com coisa alguma… 
O Deus da Paz estará convosco» 
FL 4, 6; 9

«Não vos inquieteis com coisa alguma»,

«o Deus da paz estará convosco».
Quem assim escrevia aos Cristãos de Filipo 
era S. Paulo,
privado da sua liberdade nas cadeias de Roma.
São palavras ditas por um homem concreto,
a experimentar na sua própria carne 
o alto preço da injustiça.
Reler esta carta do Apóstolo,
devolve-me a certeza 
de que é possível viver na paz de Deus,
por mais duros, difíceis e prolongados 
que sejam os meus problemas.
Porque o Deus é o mesmo e a Graça é a mesma,
a diferença só pode estar em mim.
Sou eu que tenho que mudar,
é a minha confiança que tem que crescer,
é a timidez da minha entrega que urge vencer,
é o meu coração que falta converter.
Preciso que me ensines 
a trazer para as horas do meu dia
estas certezas que inculcaste no meu coração.
Só assim, a inquietude que me perturba
dará lugar à Tua paz, Senhor.
Rui Corrêa d’Oliveira
fonte: Oração da Manhã (RR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário