quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Parabéns Manuel Filipe!



Parabéns Manuel Filipe:

Neste dia do teu 46º Aniversário
vou fazer algo que nunca fiz.
Lembra-me uma cena do Mr. Bean
em que ele almoça consigo próprio
e se oferece um pequeno postal.

Também eu, Filipe,

aqui hoje te deixo estas 4 frases,
que há dois dias me ofereceram
(obrigado André - Passeio da Tarde),
para tua reflexão e de todos aqueles
que partilham a tua amizade:

Triste não é mudar de ideias.

Triste é não ter ideias para mudar.
Francis Bacon
Que não nos faltem nunca ideias para mudar,
principalmente para melhor, claro!

Só existem 2 dias do ano 

em que você não pode fazer nada 
pela sua vida: Ontem e Amanhã.
Dalai Lama
Hoje é o dia!

As figuras imaginárias têm mais relevo

e verdade do que as reais.
Fernando Pessoa
O meu obrigado a todas as figuras imaginárias
e reais da minha vida.

Adoramos a perfeição,

porque não a podemos ter;
repugná-la-íamos, se a tivéssemos.
O perfeito é o desumano,
porque o humano é imperfeito.
Fernando Pessoa
Gosto de ti amigo,
assim humano e imperfeito,
como és!


Um grande dia,

este teu amigo,
Filipe.

2 comentários:

  1. Muitos parabéns Filipe! Que tenha um dia pleno de alegrias e um futuro pincelado de amanhãs coloridos. Neste seu aniversário deixo-lhe um poema que gosto muito e considero um hino à vida.

    "Beleza multicor
    Glória a Deus pelas coisas salpicadas
    Pelos céus de duas cores qual vaca malhada
    Pelos sinais rosados que pontilham as trutas a nadar
    Cascatas de castanhas acabadas de assar
    Asas de tentilhão
    Paisagens divididas e recortadas – cerca, pousio e arado
    E todos os ofícios, apetrechos, aparelhos e preparos
    Todas as coisas contrárias, originais, parcas, estranhas
    O que é instável, sardento (quem sabe como?)
    Depressa, devagar, doce, amargo, brilhante, fosco
    Ele gera aquele cuja beleza resiste à mudança
    Que seja louvado"
    Gerard M. Hopkins

    ResponderExcluir
  2. Teresa:
    Adorei o poema. É lindo, muito rico, colorido e alegre! Obrigado.
    Grande abraço,
    Filipe.

    ResponderExcluir