quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Logoterapia (Viktor Frankl)


Viktor Emil Frankl, nasceu em Viena em 26 de março de 1905 e morreu em 02 de setembro de 1997.

Doutor em medicina e psiquiatria e "doutor honoris causa" em diversas universidades do mundo inteiro, inclusive na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Foi professor de Neurologia e psiquiatria na Universidade de Viena e de Logoterapia na Universidade Federal da Califórnia. Foi nos Estados Unidos,onde também lecionou como professor visitante nas Universidades de Harvard, Dallas e Pittsburg, que sua figura atingiu celebridade, apesar de suas teses contrariarem as correntes psicanalíticas dominantes ai. Como conferencista viajou por muitos países e esteve no Brasil em 1984 (Porto Alegre), 1986 (Rio de Janeiro) e 1987 (Brasília).

Durante a guerra, observou a si mesmo e a outros em situações limite nos campos de extermínio nazistas, seu "experimentum crucis", e comprovou a essência do que é ser humano: numa situação desumanizadora, usar a capacidade de transcender e manter a liberdade interior.

Foi considerado o médico da "doença do século XX", decorrente do vazio existencial. Afirmou que "o homem, por força de sua dimensão espiritual pode encontrar sentido em cada situação da vida e dar-lhe uma resposta adequada".

A vida e a obra de Viktor E. Frankl é uma seqüência de fatos que se desencadeiam em um testemunho inquestionável do poder desafiador do espirito. Nos mostra como se pode viver humanamente se a busca de sentido é "resolvida". Viktor E. Frankl coloca que a busca de sentido é uma exata e precisa definição da natureza humana.

Escreveu cerca de 30 livros traduzidos em mais de 28 línguas, inclusive japonês, chinês e russo.

Atualmente existem institutos Frankl de Logoterapia na Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Israel, Itália, Peru, Porto Rico, África do Sul, Suécia e Estados Unidos.
fonte: http://www.logoterapia.com.br/
Viktor Frankl (1905-1997)

Nenhum comentário:

Postar um comentário