segunda-feira, 19 de março de 2012

O amor de um pai

Hoje celebramos a vida do pai. Mais conhecido ou desconhecido, ninguém nasce sem a dádiva de um outro ser humano a quem aprende a chamar pai. Nesta celebração, a Igreja desloca o nosso olhar para a pessoa de S. José – pai «terreno» de Jesus – sugerindo os traços simples e profundos que desejamos celebrar. S. José o ser humano que aceitou abrir o seu coração a um amor maior; um amor que aceita acolher o que não entende e é capaz de encontrar formas novas e surpreendentes de se exprimir… 
S. José, colocamos nas tuas mãos os pais do mundo inteiro. De um modo particular os que neste dia choram a morte dos seus filhos; os que estão sós ou foram abandonados; os que lutam diariamente por um pouco de pão que devem levar para casa; os que estão longe das suas terras de origem, impossibilitados de acompanhar o crescimento diário dos seus filhos. S. José, protege todos os pais, ajuda-os nos caminhos da fé e da esperança e abençoa tanta dor silenciosa.
Ir. Luísa Maria
fonte: Rádio Renascença (Oração da Manhã)

Nenhum comentário:

Postar um comentário