domingo, 21 de abril de 2013

JESUS, O BOM PASTOR



O Evangelho deste Domingo (Jo 10, 27-30) diz que não somos nós a tomar a iniciativa de seguir Jesus, mas é Ele que toma a iniciativa e que chama: «As minhas ovelhas escutam a minha voz. Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me» (Jo, 10, 27).

Nós, os discípulos de Jesus, vivemos neste mundo, como toda a gente. Os apelos e as mensagens são mais que muitos e, tantas vezes, temos muita dificuldade em saber quem nos fala verdade. Muitos são os que se apresentam como «pastores», que prometem vida, bem-estar, felicidade e convidam a segui-los.

É fácil ser-se enganado por charlatães. Como reconhecer, entre tantas vozes, a do «verdadeiro Pastor»? É necessário, antes de mais, habituar o ouvido! Quem escutar só cinco minutos uma pessoa e depois, durante um ano, não voltar a escutá-la, muito dificilmente conseguirá distinguir a sua voz no meio da multidão. Quem escuta o Evangelho muito raramente, não aprende a reconhecer a voz do Senhor que fala.

Procuremos perguntar-nos: O que sucedeu quando seguimos outras vozes? O que aconteceu quando demos ouvidos à concupiscência, ao orgulho, à inveja, ao rancor, à cobiça de dinheiro?...

Não é tarefa fácil confiar em Jesus porque Ele não promete nem sucessos, nem triunfos, nem vitórias, como, ao contrário, fazem todos os outros pastores. Exige o dom de si mesmo, exige a renúncia à procura do proveito próprio, exige o sacrifício da vida pelos irmãos. E, no entanto, garante-nos Ele, este é o único caminho que conduz à «vida eterna» (Jo 10, 28-29). Não há atalhos! Quem nos indicar outras estradas está a enganar-nos!

O vosso Pároco,
Padre Mário Faria Silva
+++
+++

Nenhum comentário:

Postar um comentário