sábado, 17 de outubro de 2015

Perhaps Love



Talvez o amor seja como um local de descanso
Um abrigo da tempestade
Ele existe para te oferecer conforto
Ele está lá para te manter aquecido
E naqueles tempos de dificuldade
Quando você está na maior parte sozinho
A lembrança do amor vai te trazer para casa

Talvez o amor seja como uma janela
Talvez uma porta aberta
Ele te convida para chegar mais perto
Ele quer te mostrar mais
E mesmo se você perder a si mesmo
E não souber o que fazer
A lembrança do amor vai te acompanhar

O amor para alguns é como uma nuvem
Para alguns tão forte como o aço
Para alguns um modo de vida
Para alguns um modo de sentir
E alguns dizem que o amor está persistindo
E alguns dizem que está desistindo
E alguns dizem que o amor é tudo
E alguns dizem que não sabem

Talvez o amor seja como o oceano
Repleto de conflito, repleto de dor
Como uma chama quando está frio lá fora
Um trovão quando chove
Se eu viver eternamente
E todos os meus sonhos tornarem-se realidade
Minhas lembranças do amor serão sobre você

Alguns dizem que o amor está persistindo
E alguns dizem que está desistindo
E alguns dizem que o amor é tudo
E alguns dizem que não sabem

Talvez o amor seja como o oceano
Repleto de conflito, repleto de dor
Como uma chama quando está frio lá fora
Um trovão quando chove
Se eu viver eternamente
E todos os meus sonhos tornarem-se realidade
Minhas lembranças do amor serão sobre você
fonte: vaga lume

+++

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Miragem - Marcus Viana


Ah! Se pudéssemos contar
As voltas que a vida dá
Para que a gente possa
Encontrar um grande amor...

É como se pudéssemos contar
Todas estrelas do céu
Os grãos de areia desse mar
Ainda assim...

Pobre coração
O dos apaixonados
Que cruzam o deserto
Em busca de um oásis em flor
Arriscando tudo por
Uma miragem
Pois sabem que há uma fonte
Oculta nas areias...

Bem aventurados
Os que dela bebem
Porque para sempre
Serão consolados...

Somente por amor
A gente põe a mão
No fogo da paixão
E deixa se queimar
Somente por amor...

Movemos terra e céus
Rasgando sete véus
Saltamos do abismo
Sem olhar para trás
Somente por amor
E a vida se refaz...

Somente por amor
A gente põe a mão
No fogo da paixão
E deixa se queimar
Somente por amor...

Movemos terra e céus
Rasgando sete véus
Saltamos do abismo
Sem olhar para trás
Somente por amor
A vida se refaz
E a morte não é mais
Para nós!...
fonte: letras