domingo, 4 de dezembro de 2011

Consegues ver o que digo? Is seeing believing?


+++
Veja o filme uma ou duas vezes. O que diz o homem?
Agora feche os olhos e ouça. Surpreendido?

Este vídeo, gravado pelo professor Arnt Maasø, da Universidade de Oslo demonstra o chamado efeito McGurk, no qual a percepção da fala sofre a interferência não somente do que se escuta, mas também do que se vê. Esse efeito, descrito em 1976 por Harry McGurk e  John MacDonald, faz com que percebamos um determinado fonema de maneira diferente, dependendo das “pistas” visuais que recebamos a partir do movimento dos lábios de quem o pronuncia.

Em outras palavras, nosso cérebro é treinado para identificar os fonemas não somente pelos sons que nos chegam através dos ouvidos, mas também pelas imagens que percebemos através dos olhos. Caso essas duas informações não se correspondam, o cérebro pode acabar se confundindo e percebendo de maneira diferente os sons.
fonte: Sem Saco

If you think (like most people) that you heard “da-da” while watching the video, you experienced the McGurk-MacDonald Effect. If you don’t believe us, play the video again, but close your eyes to check whether you can hear “da-da” or “ba-ba”.
Sometimes, what you hear can be affected by what you see, but usually when we watch someone speaking, the sounds they make match their lip movements.
For this test however, the woman’s mouth was filmed saying "ga-ga" but the video was accompanied by a "ba-ba" soundtrack.
When the two sensory signals differ (like seeing “ga-ga” lip movements but hearing “ba-ba”), your brain fuses the signals together as best as it can and assumes you’re hearing “da-da”.
The McGurk-MacDonald Effect only works for certain phonemes including “ba-ga” and “pa-ka”, (which you hear as “ta”). When the effect occurs for these phonemes, sensory information is combined or integrated preconsciously before language processing occurs in your brain.
source: Perception Deception

Nenhum comentário:

Postar um comentário