sábado, 18 de maio de 2013

O Manuel não é Católico?

...Isto hoje são umas encadeadas noutras, tudo difícil, pergunta o Duarte N.R. Antunes "O Manuel não é católico? Ou só às vezes?"

às duas perguntas responderia, Não sei. Não sei.

Acredito em Deus, no Espírito Santo e em Jesus Cristo seu filho, na Virgem Maria, nos milagres dos santos.
Leio os Evangelhos todos os dias, rezo todos os dias, confesso-me e vou à missa irregularmente.
Creio na Igreja Católica ser uma obra construída pelo homem determinada por Jesus Cristo seu filho e inspirada e guiada pelo Espírito Santo.
Creio no baptismo para remissão dos pecados. Creio na vida eterna e num julgamento final pelo qual quase todos são aprovados. Creio na confissão e na comunhão.

Acho que não há pecado sem dano causado a terceiros.
Acho o mal absoluto algo muito raro.

Conheço a história da Igreja o suficiente para guardando uma atenta perspectiva histórica, saber que a mesma que lançou a revolução agrícola e salvou os textos da antiguidade lançou na Idade Média para a fogueira enganadamente uns poucos coitados epilépticos, proíbe o uso do preservativo em África e em determinados períodos não fez o suficiente por quem devia: vítimas do nazismo, da pedofilia, etc etc.
Preferia uma igreja mentos faustosa, mais franciscana.

E sendo uma obra do homem, tinha de ser imperfeita, mas na minha devastadora ignorância, no geral considero o saldo extremamente positivo e nela me considero bem integrado.

Mas isso não significa que concorde com tudo o que professa, na catequese, nas encíclicas, nas homilias, na palavra que é tantas vezes dos homens, novamente.

Novamente também Deus deu-me uma fé imensa e um cérebro para eu pensar que tento usar frequentemente.

Eu estou dentro, faço parte da Igreja Católica, tento trazer outros para dentro dela, em particular pelo espanto permanente pelo que encontro todos os dias na leitura do Evangelho, mas se esta não me quiser também me pode expulsar.

Duarte, responda-me você. Sou católico?

fonte: facebook (Manuel Forjaz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário