sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Projectos inacabados

Projectos inacabados,
projectos interrompidos?
Projectos retomados
ou projectos mal vividos?

Poderia ter sido diferente,
poderia ter sido mais certo.
Não sei bem onde falhei
mas sinto que não fui bem correcto.

Poderia ter feito melhor,
poderia ter sido pior
mas sei que o que fiz não bastou
e o projecto não se completou.

Foi bom enquanto durou
e também pelo que restou
mas fica na memória a mágoa
de tudo o que não vingou.

Será karma, destino ou maldição,
tolice, preguiça ou confusão?
O resultado é duro, seco e amargo,
mãos vazias e coração mais fraco...

Resta cá dentro a esperança,
de novos dias e nova aliança.
Há sempre algo de novo a aprender,
sempre novas formas de viver.

Porque afinal tudo se resume a Dar
e a retornar à Fonte da Vida
que a cada minuto nos convida
a nunca desistir de Amar!

Manuel Filipe Santos
Oeiras, 2014.12.12

Nenhum comentário:

Postar um comentário